Dicas de Decoração

Decoração sustentável: saiba porque é tendência e como usar no seu ambiente

Decoração Sustentável: Parede de concreto em branco com plantas ornamentais e itens de decoração no armário de madeira

A decoração sustentável é um conceito recente, mas que se destaca cada vez mais no mercado — tanto quando se trata de residências, quanto nos momentos em que se fala sobre empresas. Você já conhece essa prática? Elementos naturais são usados com frequência, mas é possível ir além aplicando a sustentabilidade ao decorar espaços. 

Neste conteúdo, vamos esclarecer o assunto e apresentar as principais dicas para implementar esse conceito nos seus ambientes. Continue lendo e saiba mais! 

O que é a decoração sustentável? 

Primeiro, vale relembrar o conceito de sustentabilidade. Ele se relaciona com a importância de preservar os recursos naturais para as gerações atuais e futuras, adotando medidas que reduzam os impactos ambientais causados pelas pessoas.

Afinal, os recursos da natureza são limitados, então a falta de consciência pode levar ao esgotamento. Ademais, o uso em excesso também eleva o volume de resíduos gerados, o que pode aumentar a poluição. Na decoração sustentável, a ideia é utilizar elementos e práticas que se encaixam nesse conceito.  

Por que ela é tendência e quais os seus benefícios? 

A decoração sustentável já existe há alguns anos — em 2017, ela começou a ganhar destaque ao ser utilizada como elemento na criação de cenários em novelas e filmes. 

Porém, em 2020, ela conquistou mais adeptos e se tornou, de fato, uma tendência, mantendo a sua posição também em 2021. Para entender esse tipo de decoração, precisamos saber que ela se baseia em 3 Rs, que significam:  

  • Reduzir: diminuir o consumo, com uso consciente dos recursos naturais; 
  • Reutilizar: tentar trazer novos usos para os itens antes de descartá-los; 
  • Reciclar: procurar as melhores práticas para descarte, sempre buscando maneiras de colaborar com a reciclagem dos materiais.  

Ela traz diversos benefícios, como colaboração com o meio ambiente, responsabilidade social e economia. Afinal, as práticas sustentáveis trabalham com o consumo consciente e a reutilização, o que pode diminuir os custos necessários para renovar certos ambientes. 

Como aplicar esse estilo de decoração? 

Se você quer aplicar essa decoração em sua casa ou em sua empresa, confira algumas dicas que vão ajudar! 

Adote a restauração de móveis 

Como uma das bases do conceito de sustentabilidade é reutilizar, a restauração de móveis se torna uma alternativa interessante. Em vez de se desfazer da mobília antiga ou dos objetivos decorativos, você pode restaurá-los. A troca de cores ou revestimentos, por exemplo, pode ser o suficiente para renovar e modernizar os itens, permitindo que eles integrem os novos projetos. 

Quem tem talento com trabalhos manuais e gosta de participar mais ativamente do processo decorativo, pode apostar no do it yourself (DIY). Existem diversos tutoriais na internet e inspirações que você pode utilizar. 

Porém, saiba que nem sempre é possível concretizar os seus planos sem ajuda profissional. Nesse caso, procure boas parcerias.  

Aposte na iluminação natural

A iluminação natural consiste em ter janelas e outras aberturas que favoreçam a entrada da luz do sol, reduzindo a necessidade de utilizar as luzes artificiais em determinados horários. Assim, também é fácil visualizar por que a prática é considerada sustentável. 

Usando menos iluminação artificial, há menos consumo de energia elétrica. Logo, considerando que a geração de energia tem impactos ambientais, isso auxilia na preservação da natureza e se encaixa como prática sustentável. Em complemento, vale utilizar equipamentos com classificação de eficiência energética.  

Invista no plantscaping 

O plantscaping é um projeto paisagístico para interiores, ou seja, ele busca valorizar o uso de plantas nos ambientes de maneira mais ampla, não apenas em determinados pontos como complemento, mas como uma parte relevante da decoração.  

Assim, ele consegue reproduzir ambientes naturais e utiliza recursos que não precisam passar por diversos processos de manufatura para serem entregues. Logo, ela traz uma decoração mais natural e sustentável.  

Utilize materiais sustentáveis 

Por fim, tenha em mente que a decoração sustentável deve contar com materiais que colaborem com o conceito. Aqui, são vários critérios que você deve avaliar, como impactos ambientais na fabricação, práticas da empresa fornecedora, possibilidades de reutilização, entre outras. 

Uma dica interessante é apostar nas madeiras, como a cumaru e o eucalipto, que são ecologicamente corretas. É mais comum encontrar móveis produzidos com matérias-primas que foram coletadas com adoção de boas práticas, como o reflorestamento. Ainda, como elas têm boa durabilidade, também evitam que sejam necessárias trocas em períodos menores. 

Então, gostou dessas dicas sobre decoração sustentável? Para ajudar, compre móveis de empresas que tenham políticas de sustentabilidade e um portfólio que favoreça essa prática, como a Milênio Móveis: acesse o nosso site e confira as nossas opções!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *